Panikentos Mobile

VEJA O RESUMO DE TODAS AS MATÉRIAS PUBLICADAS NO BLOG CLICANDO AQUI
Tecnologia do Blogger.

TOP 5 ((AS 5 MAIS LIDAS))

Postagens em Destaque

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012


Olá caros amigos, vim aqui falar um pouquinho sobre a Síndrome do Pânico, por nós conhecida por SP.

Ao longo dos anos a SP foi algo que teve uma grande evolução na sociedade devido ao estresse  que nos acompanha em nossos corridos dias, porém, vejo ultimamente uma banalização geral da SP, virou moda, tudo virou SP, tudo que é medo especifico, e tudo que é relacionado a estresse e ansiedade virou Síndrome do Pânico.
Uma das dificuldades que vejo muito e sinto na pele é na hora de pedir afastamento, já parei para conversar com um dos peritos que disse que dá sempre um mês de afastamento porque a Síndrome do Pânico se cura em 15 dias, bom caros amigos se a maioria sai da SP com 15 dias como se explica pessoas que passam por isso há 1, 2,  5, 10 anos?
Depois de muito conversar com pessoas ( umas 700 ) que passaram pela SP, descobri que existem sim níveis de SP, ou seja são graus...


No primeiro grau a pessoa passa por uma forte CRISE DE PÂNICO conhecida como Transtorno de Pânico ou (TP – Seria um passo antes de entrar na SP), e depois disso vem o medo de sentir novamente aquilo e a ansiedade toma conta.  Neste grau geralmente as pessoas conseguem sair de 2 a 4 meses.

No Segundo grau  a pessoa não consegue mais controlar seus sentimentos e cai em uma forte depressão, e nesse segundo grau a pessoa sofre o Ataque de Pânico com maior freqüência e misturado com a crise de ansiedade ainda desencadeia um estado que até pouco tempo era considerado raro chamado Desrealização e Despersonalização (Em breve teremos uma matéria sobre as duas bem explicadas) que é um sentimento de desligamento do corpo e do mundo  basicamente. Neste grau não tem tempo especifico para sair da SP, vai depender de como você se trata e com quem.

No terceiro grau começa a aparecer mais um sintoma que se junta aos demais que é a Fobia social, ou seja, o individuo se afasta de tudo e de todos, vive isolado e não consegue fazer coisas simples como conversar por muito tempo, ficar em lugares fechados, andar na rua. Ainda pode acarretar em situações piores como a pessoa parar de comer e não querer mais tomar banho, pentear os cabelos, fazer a barba no caso dos homens e até de se depilar no caso de mulheres. 
Neste grau também não tem tempo especifico para sair da SP, vai depender de como você se trata e com quem.

Bom amigos, concluindo se você conhece alguém que saiu da SP em até 4 meses, é nula a possibilidade dessa pessoa ter tido uma Síndrome do Pânico, ela teve sim um Transtorno de Pânico seguido de ataques de Ansiedade.
Boa sorte e que Deus esteja conosco sempre, força, vamos sair dessa, eu tenho certeza!

0 comentários:

OUTROS CANAIS

Atualizações por E-MAIL

Receba as atualizações em seu e-mail.
Digite seu e-mail abaixo:

BLOGS INDICADOS

.::. Visitantes