Panikentos Mobile

VEJA O RESUMO DE TODAS AS MATÉRIAS PUBLICADAS NO BLOG CLICANDO AQUI
Tecnologia do Blogger.

TOP 5 ((AS 5 MAIS LIDAS))

Postagens em Destaque

segunda-feira, 4 de abril de 2011
O que é acupuntura?
Acupuntura é um método que estimula o próprio organismo a promover e equilibrar suas funções e também a melhorar seu funcionamento. Isso é realizado com a estimulação elétrica em pontos bastante específicos do corpo.

Originalmente essa estimulação era realizada somente com agulhas. Atualmente conseguimos maior controle nesse estímulo com equipamentos, sendo que apenas em casos muito específicos, como por exemplo quando o problema é muito interno, utilizamos agulhas. Na imensa maioria dos casos estimulamos esses pontos com eletrodos acoplados a máquinas específicas.

Em que situações a acupuntura é eficaz?

A acupuntura é um sistema que pode influenciar basicamente 3 áreas de cuidados com saúde:
1. Promoção da saúde e bem estar;
2. Prevenção de doenças e
3. Tratamento de várias condições médicas.


Embora muitas pessoas associem acupuntura com controle da dor, e ela é realmente muito efetiva nesses casos, existem muitas outras doenças em que ela pode agir, como por exemplo:
" Desordens do sistema digestivo, como prisão de ventre, diarréia, gastrite;
" Desordens do sistema respiratório, como sinusite, asma, bronquite, infecções repetitivas;
" Desordens musculares e neurológicas, como dores de cabeça, dor na nuca, dor nas costas, ciática, várias formas de tendinite entre outros transtornos;
" Desordens urinárias, menstrual e do sistema reprodutivo.

A acupuntura é particularmente útil em transtornos orgânicos relacionados à tensão emocional e ao estresse.

Como a acupuntura funciona?

Existem duas explicações: a clássica chinesa e a científica moderna.

A explicação chinesa tradicional é a de que existem canais de energia que seguem caminhos pelo corpo. Esses canais, chamados de meridianos, seriam como rios que vão fluindo pelo corpo para irrigar e nutrir os tecidos. Uma obstrução no movimento desses rios atuaria como se fosse uma represa, que retira água de certas regiões e concentra em outras, desequilibrando o sistema. Esses canais, os meridianos, seriam pela teoria chinesa influenciados pela inserção das agulhas em pontos específicos.

Já a explicação científica, contemporânea e baseada em estudos científicos controlados, é a de que a acupuntura atua diretamente no sistema nervoso, liberando substâncias químicas locais e à distância, incluindo o próprio cérebro.

Já está comprovado que esses transmissores químicos conseguem influenciar o modo como o organismo reequilibra a sua química, promovendo a normalidade de funcionamento.

O resultado final é que a acupuntura estimula as habilidades curativas naturais do organismo, promovendo o bem estar físico e emocional. 

Acupuntura dói?

Não! Não pode doer, se estiver doendo há alguma coisa de errado. Não existe a menor necessidade de que a estimulação seja dolorosa para que se obtenha os efeitos terapêuticos. 

Há efeitos colaterais?

Usualmente não. O sistema nervoso é estimulado, substâncias químicas e hormônios são liberados e como conseqüência a saúde e o bem estar acontecem. 

A acupuntura realmente funciona?

Sim. Nos últimos 2000 anos, mais pessoas foram tratadas com sucesso pela acupuntura que a soma de todas as outras pessoas tratadas por todos os outros métodos. Ela pode ser administrada em conjunto com as medidas convencionais de medicina, e é muito importante que você comunique qualquer medicamento que esteja fazendo uso. 

Eu preciso acreditar na acupuntura para que ela funcione?

Não. A acupuntura é administrada com sucesso em cães, gatos, cavalos e outros animais, que não entendem ou acreditam no processo.
No entanto, uma atitude positiva com certeza reforça o tratamento, assim como uma atitude negativa pode reduzir os efeitos benéficos de qualquer tratamento, inclusive da acupuntura. 

Como posso auxiliar no tratamento?


  • Evite refeições pesadas imediatamente antes e imediatamente depois do tratamento.
  • Evite consumir bebidas alcoólicas, fazer exercícios extenuantes nas 6 horas antes e depois do tratamento.
  • Especialmente no início do tratamento, tente planejar suas atividades de modo a conseguir algum tempo de descanso depois das sessões, ou pelo menos não realizar trabalho que exija muito.
  • Continue tomando normalmente sua medicação prescrita por outros médicos, não esquecendo de anotar e comunicar quais são.
  • Lembre-se de anotar tudo que aconteceu durante a semana, inclusive se você procurou outro tipo de tratamento, se alguma medicação nova foi introduzida.
  • Anote também se apareceram sintomas novos, e o grau de melhora ou piora dos sintomas antigos. 

0 comentários:

OUTROS CANAIS

Atualizações por E-MAIL

Receba as atualizações em seu e-mail.
Digite seu e-mail abaixo:

BLOGS INDICADOS

.::. Visitantes