Panikentos Mobile

VEJA O RESUMO DE TODAS AS MATÉRIAS PUBLICADAS NO BLOG CLICANDO AQUI
Tecnologia do Blogger.

TOP 5 ((AS 5 MAIS LIDAS))

Postagens em Destaque

terça-feira, 28 de dezembro de 2010
Convive com alguém com Síndrome do Pânico? LEIA ISSO!!

Frequentemente os paciente com pânico sofrem muito duas vezes, a primeira por causa dos ataques e suas consequências e a segundo por causa da incompreensão de que são vítimas. Muitas vezes filhos, pais, cônjugues criticam-no por causa da crise achando que é frescura, que está na verdade precisando apanhar,tomar vergonha na cara,etc...  Na verdade, a primeira coisa que os parentes e amigos têm que fazer é compreender, aceitar e apoiar os pacientes. O transtorno do pânico é uma patologia como outra qualquer, o paciente não escolheu tê-la, nem pode evitá-la, mas com sua compreensão pode torná-la menos estressante.
Abaixo estão algumas recomendações às pessoas que convivem com quem tem pânico:

Nunca diga: 
Relaxe, acalme-se...
Isso não é nada...
Você pode lutar contra isso...
Não seja ridículo!
Não seja covarde!
Você tem que ficar (quando ele quer sair de onde está)
Pare com isso...


Recomendações

1. Não faça suposições a respeito do que a pessoa com pânico precisa, pergunte a ela.(Lembre-se que ela não está de bom humor) Pergunte se ela quer sentar-se e ajude a encontrar um lugar tranqüilo se possível.

2. Seja previsível, evite surpresas

3. Proporcione a quem sofre de pânico a paz necessária para se recuperar.

4. Procure ser otimista para com quem pânico, procure aspectos positivos nos problemas.

5. Não sacrifique sua própria vida pois acabará criando ressentimentos.

6. Não entre em pânico quando o paciente com pânico tiver um ataque.

7. Seja paciente e aceite as dificuldades escute e se possível consiga água. pode ajudar passando água no rosto e nos pulsos.

8. Jamais diga... Nossa você está branco, pálido...

9. Não crie alardes do tipo "Meu Deus Ajudem Ele esta Morrendo"

10.Jamais fale em morte, sempre em vida.

11.Se você começar a falar e ela se irritar, apenas cale-se e acompanhe.

12. Escute, ela dirá o que precisa.

13. Peça calmamente para que a pessoa respire fundo.

4 comentários:

Cirilo Borges disse...

Nossa eu estava precisando disso!!!

Vou imprimir e mostrar para o meu pai,agora ele vai entender o que eu to sintindo cara obrigado adoreiiiiii

Fernando Rüeckl disse...

Valeu Ney, mesmo fazendo parte do blog, precisava de algo assim.

Obrigado.

Dionne Eliá disse...

Meu Deus essa matéria mudou a minha vida, eu imprimi e entreguei para meus familiares e eles hoje já estão me tratando diferente, me pediram desculpas por tudo que me fizeram até hoje, e disseram que agora vão me ajudar a superar essa doença que me pegou forte. Este é o dia mais feliz da minha vida graças a você. Minha mãe me deu um beijo coisa que não fazia há 10 anos. muito obrigada

Ana Alves disse...

passo por isso minha familia não entende o que sinto, e o porque não consigo frequentar a faculdade. Sempre escuto que eu não me esforço, mas se eles soubessem como eu luto para conseguir tentar controlar todos os sintomas, não diriam isso, mas ja enviei esse artigo e o endereço do site, quem sabe agora eles me compreendam e me ajudem no meu tratamento.
Obrigada

OUTROS CANAIS

Atualizações por E-MAIL

Receba as atualizações em seu e-mail.
Digite seu e-mail abaixo:

BLOGS INDICADOS

.::. Visitantes